Quais as vantagens para o empregador que adere ao PAT?

Quando adere ao PAT, o empregador optante pelo SIMPLES ou pela tributação com base no lucro presumido tem direito à isenção dos encargos sociais sobre os valores líquidos dos benefícios concedidos aos trabalhadores, mas não faz jus à dedução fiscal no imposto sobre a renda, restrita ao optante pela tributação com base no lucro real.

O benefício se dá como uma isenção de até 4% do IRPJ da empresa sobre o valor distribuído a título de Benefícios de Alimentação e Refeição, para empresas que estejam no regime de Lucro Real.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima